Publicidade
Toque de Alerta - toquedealerta.com.br
CIDADE
Segunda - 29 de Janeiro de 2018 às 07:06
Por: Redação TA c/ Secom-VG

    Imprimir


Em nível nacional Várzea Grande ficou 34º lugar. Em nível de Mato Grosso a cidade ficou em terceiro lugar atrás de Rondonópolis e Sinop.
Em nível nacional Várzea Grande ficou 34º lugar. Em nível de Mato Grosso a cidade ficou em terceiro lugar atrás de Rondonópolis e Sinop.

Várzea Grande figurou entre os 50 Municípios do Brasil que criaram mais vagas de emprego no ano de 2017. Em relação a Mato Grosso, a cidade ficou em terceiro lugar, atrás apenas de Rondonópolis e Sinop, respectivamente 1º e 2º colocados.

Várzea Grande criou 1.403 vagas de emprego, enquanto Rondonópolis criou 1.660 e Sinop, 1.519.

Para a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, estes números demonstram que sua gestão está no caminho certo porque as obras geram emprego e renda e a parceria com o comércio e com a indústria tem permitido que todos enfrentem a crise econômica da melhor forma possível.

“Fico satisfeita e gratificada, porque sei que temos contribuído com esta estatística através das obras públicas realizadas por empreiteiras contratadas pela administração de Várzea Grande. Temos mais de 75 obras em andamento e vamos lançar mais um pacote nos próximos dias”, frisou a chefe do Poder Executivo sinalizando que sua gestão tem parceria com a indústria, com o comércio, com as empresas e isto engrandece e melhora a qualidade de vida da população e valoriza a cidade.

Lucimar Sacre de Campos reforçou sua determinação em melhorar a qualidade de vida das pessoas de Várzea Grande e valorizar a cidade, pois isto é atrativo para novos investidores.

“Constantemente temos recebido empresários interessados em investir em Várzea Grande, porque sabem que irão encontrar parceria junto ao Poder Público Municipal e temos dotado a cidade dos meios necessários para recepcionar novos investidores”, disse a prefeita ressaltando que a cidade caminha a passos largos para recuperar uma posição econômica de destaque a partir da implantação do Parque Tecnológico.

Segundo a prefeita, o Parque Tecnológico permitirá que seja agregado conhecimento científico de entidades de ensino superior para atender a demanda do mercado.

“Nós não temos um vasto território rural para agregarmos os valores do agronegócio a economia de Várzea Grande como acontece na maioria das cidades de Mato Grosso, mas a partir do Parque Tecnológico teremos meios de implementar melhorias ao setor produtivo, pois a ideia é usar o conhecimento científico para criar equipamentos que atendam a demanda dos produtores”, explicou Lucimar Sacre de Campos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Várzea Grande, Kalil Baracat sinalizou que os resultados na criação de vagas de empregos em Várzea Grande, colocada entre os 50 maiores municípios do Brasil é fruto do trabalho que começou a ser desenvolvido em 2015 quando a prefeita Lucimar Sacre de Campos assumiu a administração municipal.

“As obras públicas geram emprego e renda, mas também estimulam o comércio e a indústria a investirem e acreditarem que com parcerias conseguiremos enfrentar o quadro econômico difícil pelo que passa o Brasil”, disse Kalil Baracat, apontando que decisões traçadas com planejamento, com boa vontade e determinação resultam em pontos positivos para a cidade e para a população.





URL Fonte: http://toquedealerta.com.br/noticia/34063/visualizar/