Publicidade
Toque de Alerta - toquedealerta.com.br
POLÍCIA
Sexta - 13 de Fevereiro de 2015 às 08:03
Por: Da Redação TA c/ Assessoria

    Imprimir


 A Polícia Civil realizou ontem (12) a prisão das mulheres que teriam dopados agentes penitenciários resultando na fuga em massa na Cadeia de Nova Mutum (264 km ao Norte), ocorrida no dia 4 de fevereiro. Dois foragidos também foram recapturados.

Foram recapturados Bruno Ojeda Amorim, autor do plano de fuga, Jerlan José dos Santos, que está com documento do Estado do Alagoas, e aguarda confirmação se pertence a lista de presos, e duas mulheres de 21 e 25 anos. Todos estavam em um táxi, em fuga, quando foram surpreendidos na Avenida Brasil, no bairro CPA.

O delegado do Goe, Antônio Carlos Garcia de Matos, disse que os policiais apuravam informações de que os foragidos estavam escondidos em uma casa, no bairro Altos da Serra, em Cuiabá, mas quando os policiais chegaram eles tinham acabado de fugir no táxi contratado para a corrida.

Os quatros foram surpreendidos com 200 gramas de maconha e serão levados ao Plantão Metropolitano, para autuação da posse da droga.

A Polícia Civil aguarda confirmação da Delegacia de Nova Mutum sobre a identidade das mulheres. Elas são suspeitas de entrar na Cadeia com bebidas alcoólicas e dopar agentes prisionais para dar fuga aos presos. Uma delas seria a namorada de Bruno Ojeda.

O esclarecimento da fuga dos presos integra o plano operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), da operação "Impacto", dentro da vertente "Interior Seguro", para os primeiros 100 dias de enfrentamento da criminalidade no Estado de Mato Grosso.





URL Fonte: http://toquedealerta.com.br/noticia/9938/visualizar/